quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Até quando posso exercer minha libertinagem sem que isso me custe a honra?


Nosso amigo Sartre dizia que o inferno são os outros. Pois bem, meça-se por esse dito sua honra. Naquele momento em que a notícia chegou aos ouvidos da sua tia, da sua vizinha, do seu ex, da sua avó, da assessoria de imprensa da prefeitura, do porteiro, do carteiro, do cara da banca de jornais... já era! A honra acaba quando o mundo descobre. E se isso acontecer, baby, o melhor é você começar a descobrir podres dos outros pra usar como moeda de troca. Mas não se preocupe. Sempre há o que se descobrir.

4 comentários:

Marcus Xavier disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcus Xavier disse...

auto-propaganda, lembrando Sartre (embora eu já tenha lido não-se-onde que esse dito não é dele...)
"se l'enfer c'est les autres, le paradis c'est toi"

Libertinem-se com quem entende do assunto - segurança, discrição e satisfação 100% garantidas.

Larissa disse...

Fazer bem feito.

Leila DizNi disse...

ou seria

fazer: bem feito!