segunda-feira, 24 de novembro de 2008

O que está havendo com os homens que eles não entendem mais a idéia de sexo casual?

Não acredito que a grande maioria dos homens tema a casualidade da cópula nos dias de hoje em absoluto. Acredito mais que as mulheres não sabem expor a proposta de forma clara e objetiva. A postura de querer sexo casual não casa com as olhadinhas e piscadelas tão fortemente enraizadas em nossos costumes. Toda mulher se porta como uma dama achando que este é o passaporte para a cama. Não é. Sexo casual é extremamente saudável e uma grande tendência das próximas gerações, apesar de ainda ser tratado como futilidade para muitos demagogos. Pela sua natureza livre e anti monogâmica, necessita de alguma destreza para sair do campo do fetiche e se transformar em exercício físico prazeroso de fato. Acredito que no futuro, a monogamia será um hábito tão estranho quanto queimar minorias em fornos de barro. Sexo casual será a resposta não só para a traição, homicídios, suicídios e demais ídios e oses da sociedade contemporânea como também eliminará do mundo as patéticas danças do acasalamento na raça dos homo sapiens (extremamente ridícula, por sinal). Hoje pode ser chamado de transgressor, mas no futuro será de grande aceitação. Enquanto isso não acontece, o ideal é deixar as cláusulas o mais claras possível. Explique para a caça que ela precisa desaparecer tão logo amanheça, não insistir em pegar seu telefone, não falar em paixão ou substantivos sentimentais muito menos abusar de adjetivos, sejam eles quais forem. Ela tem apenas que fazer o serviço da forma mais profissional que conseguir e seguir seu rumo, sem maiores pretensões, afinal, sabiamente já nos explica o progenitor dos jericos que tudo o que é casual é ainda inopinado, portanto, não demanda expectativas. E qualquer pessoa dotada do mínimo de inteligência e senso de verdade sabe que nenhuma expectativa é diretamente proporcional a uma gama muito maior de surpresas. Portanto, explique-se melhor das próximas vezes e evite que a casualidade pule para causalidade num abrir e fechar de pernas.

6 comentários:

Pablo "O Picasso" disse...

Se o sexo casual é bom, cria-se um problema. Normalmente é mais ou menos.

Mestre de Obras disse...

Para mim, sexo casual sempre foi aquele que se pratica de vez em quando (pelos mais diversos motivos).

Leila DizNi disse...

adooro os nicks de nossos leitores... mestre de obras é um nick que provoca muito minha imaginação hahahahaha

não era a franga disse...

hahahaha! isso aqui vai acabar entrando pras mais importantes listas de blog do país.

Marcus Xavier disse...

opa, eu entendo!!!

Paul McCartney disse...

Picasso, vc, que nunca foi chamado de canalha, deve saber que é porque sempre pode ser melhor que busca-se repetir. Não é expectativa, mas performance (ainda mais se for aquela em que o que se quer é, no fundo, esconder alguma coisa. o segredo sempre foi um dos maiores atrativos das mulheres).
Mestre de obras tem razão... sexo casual (aquele praticado de vez em quando) é a melhor opção para as pessoas atravessadas, apaixonadas e que querem passar um tempo sozinhas. Porque sexualidade sempre tem causalidade (haja visto a gravidez, ou os metodos anticoncepcionais nos fizeram esquecer disso tb? Ou foi por isso que queimaram os sutiãs?)
Quanto às regras para um bom sexo casual, sinto muito, mas se há tantas e tão claras regras, diminui-se a possibilidade de surpresas.

PP: Antes que me difamem, bati sim em Linda e Heather, mas é porque elas gostavam!